A primeira consulta de neurologia ou neurocirurgia é um passo muito importante para aprender mais sobre a sua doença. Preparamos uma lista de perguntas para colocar aos seus médicos para perceber melhor a sua situação.

 

Recomendamos ir às suas consultas com alguém de sua confiança, para que eles possam tomar notas enquanto você fala, ou para que possam apoiá-lo.

Questões para colocar ao seu neurologista

Com base nas perguntas do site da Angioma Alliance, a Cavernoma de Portugal adaptou essas perguntas que você pode querer colocar ao seu neurologista (ou neurocirurgião).

Questões gerais

  1. Qual é o tamanho do cavernoma? (O neurologista pode preferir usar o termo angioma cavernoso, hemangioma cavernoso, malformação ou CCM.)
  2. Quantos cavernomas eu tenho?
  3. Qual é a localização exata do cavernoma?
  4. Que funções essa área do cérebro executa?
  5. Parece haver malformações venosas ou outras malformações nas proximidades do cavernoma? (Uma anomalia venosa de desenvolvimento (DVA), também conhecida como angioma venoso cerebral, é uma malformação das veias que drenam o cérebro normal.)
  6. Parece ter sangrado anteriormente?
  7. Em sua opinião, em que condições você recomenda a cirurgia para remoção de um cavernoma?
  8. Existem outros tratamentos que você considera?
  9. Que exames você recomenda? (Ressonância magnética, TAC, angiograma, etc)
  10. Se eu tivesse outro sangramento, que défices você esperaria?
  11. Que sintomas justificariam uma ligação para você ou uma visita às urgências?
  12. Devo testar meus filhos (ou qualquer outra pessoa da minha família)? Em caso afirmativo, como faço para fazer isso?
  13. Devo fazer um teste genético para determinar se tenho a forma hereditária da doença?
  14. Devo me preocupar com possíveis cavernomas em outras áreas do meu corpo?
  15. A minha coluna deve ser examinada?
  16. Este é um distúrbio raro? (Pergunta delicada - se o neurologista disser não [uma resposta precisa é na ordem de 1 em 600 pessoas], mas disser que não é diagnosticado com frequência, o neurologista está familiarizado com a doença.
  17. Como é que de desenvolveu o meu cavernoma?
  18. Existem vitaminas ou suplementos que devo tomar para melhorar minha situação?
  19. Posso fazer exercícios?
  20. Posso praticar desporto E os desportes de contato, como futebol ou esqui, que podem incluir uma pancada na cabeça?
  21. Que restrições de atividades você recomenda?
  22. Você está preocupado com minha pressão arterial?
  23. Os anticoagulantes (como o ibuprofeno) são adequados para pessoas com cavernoma?
  24. Quais medicamentos, com ou sem receita, você recomenda que eu evite?
  25. Existem vitaminas ou suplementos a serem evitados?
  26. É seguro viajar de avião com um cavernoma?
  27. Posso visitar locais a grande altitude?
  28. Posso beber álcool ou bebidas com cafeína?

Questões burocráticas

  1. Com que frequência deverei fazer exames de acompanhamento (e quais)?
  2. Com que frequência deverei consultá-lo ou alguém da sua equipe?
  3. O que você estará pesquisando enquanto me trata? (Que alterações você está procurando?)
  4. Há algo que eu possa fazer para minimizar o risco de sangramento?
  5. Qual é o risco de meu cavernoma voltar a sangrar?
  6. Como eu saberia se tivesse outro sangramento? (ou seja, quais sintomas eu esperaria ver?)
  7. O que o levaria a recomendar a cirurgia?

 

Questões para colocar ao seu neurocirurgião

O seu médico de família ou neurologista pode encaminhá-lo diretamente a um neurocirurgião. Neste caso, você pode incluir algumas das perguntas das duas seções anteriores, além destas perguntas mais específicas.

Questões sobre a cirurgia

  1. Quanto tempo você estimaria para a cirurgia?
  2. Quanto tempo você estima para recuperação da cirurgia?
  3. Quanto tempo vou ficar no hospital?
  4. Quando você acha que eu possa voltar ao trabalho e/ou às responsabilidades diárias?
  5. Quais, se houver, défices adicionais seriam possíveis como resultado da cirurgia?
  6. Você anteciparia que algum dos défices seria permanente?
  7. Meu cavernoma pode voltar após a cirurgia?

Antecedentes do Cirurgião

  1. Quantos procedimentos desse tipo você já realizou?
  2. Você tem especialização cerebrovascular?
  3. Quantos cavernoma você removeu cirurgicamente?
  4. (Se você tiver um cavernoma do tronco cerebral) Quantos desses eram cavernomas do tronco cerebral?